26 agosto 2014

Inspiração do dia: delineador e tiara

Há algumas semanas fui chamada pela Amanda para uma aula de culinária saudável. Nunca pensei que eu poderia participar de uma aula assim, já que o meu perfil é bem não-saudável, né? hahaha Mas de verdade, no dia-a-dia não sou tão "não-saudável" assim, e achei o convite uma ótima oportunidade para aprender a fazer comidinhas mais saudáveis e leves. Depois falo mais sobre a aula e alguns pratos que aprendemos aqui no blog.

Para a ocasião então, já sabia que teria que ficar com os cabelos presos, então preferi ir de coque + tiarinha, um combo que sempre funciona. Para fazer o coque, sempre uso aquele truque para fazer coque em cabelos repicados como o meu: faça um rolinho "pra dentro" com o cabelo e vá prendendo aos poucos com vários grampos. Não fica uma coisa muito certinha e dá muito certo porque os fios repicados ficam bem presos. A tiara foi um presente de aniversário de uma amiga querida da faculdade (thanks Morgana!!) e o brinco é bijoux mesmo.


Para a maquiagem: nos olhos sombra marrom clara em toda pálpebra, delineador gatinho, sombra com brilho no cantinho do olho e rente aos cílios inferiores e muito rímel. Blush e batom rosinha porque esse dia eu acordei meiga! haha 

0 comentários Postado por Marcela Thiemi
25 agosto 2014

Receita: Batata Recheada

Esse final de semana fiquei mais quietinha em casa porque tô bem atolada de matéria para estudar, já que tenho uma prova tensa essa semana! Mamãe resolveu testar uma receita e lá fui eu acompanhar, no fim deu super certo e a gente tirou foto, fez sucesso e cá estou eu aqui dividindo a nossa descoberta. A receita é de batata recheada!

O negócio dessa batata é saber o tempo de cozimento da batata e o tempo que ela fica no forno. Já o recheio meio que fica por conta de cada um. Essa que a gente fez foi bem caprichada, então tinha várias coisas. Dá pra fazer versões mais lights ou mesmo mais simples, é por sua conta.


INGREDIENTES: usamos essa quantidade de ingrediente para 4 batatas

- Batatas inglesas de tamanho grande
- Peito de frango - 400g
- Bacon - 1/2 cubo pequeno, dá aproximadamente 100g
- 1 lata de milho verde
- 1 caixa de creme de leite
- 100g de mussarela ralada
- Orégano

MODO DE PREPARO:

- Deixe preparado o recheio, que no meu caso foi: cortar o peito de frango em cubinhos, refogar na panela com o tempero que desejar - eu usei cebola, alho, ervas e colorau (pra deixar uma cor bonita). Frite o bacon cortado em cubinhos pequenos e reserve.

- Coloque as batatas para cozinhar na panela de pressão com casca em água fervente por 5 minutos contados. Não deixe muito mais que isso porque o esquema é ela ficar cozinha nas lateriais e não ficar tão mole.

- Assim que as batatas saírem da panela, é a parte mais importante, que é tirar o "miolo" das batatas. Você vai fazer um corte na horizontal das batatas, pegando um pouco menos que a metade delas. Com uma colher de sopa, vá tirando o conteúdo até que fique apenas um pouco do "miolo" e as laterais. Faça com bastante cuidado pra não romper as laterais e nem tirar recheio demais! É bom senso nessa parte, não tem muita regra, hehe



- Assim que as batatas tiverem prontas, embrulhe-as em um papel alumínio, deixando só a parte que você vai rechear para fora.

- Agora é rechear as batatas. Eu coloquei na ordem: o frango, o milho, o bacon, o creme de leite e, por fim, o queijo ralado. Polvilho orégano e levo para o forno. Ah, nesse dia tinha também uma linguiça de "sobra" que a gente resolveu colocar também! haha



- Leve para assar em forno pré-aquecido a 200ºC por 15 minutos e prontinho! ;)


A gente só comeu isso de almoço no sábado e posso dizer... o trem é bom, viu?? hahaha É uma refeição e tanto, fica bonita e bem gostosa. Quem tiver com tempo, vale a pena pegar um dia e tentar também!
0 comentários Postado por Marcela Thiemi
20 agosto 2014

Repetir roupa? Sim, por favor!

Sempre falo aqui no blog o quanto a moda muda. As coisas no mercado são sempre muito efêmeras e cada vez mais a gente vê tendências chegando e passando com tanta rapidez que, muitas vezes, nem conseguimos acompanhar. Acabamos enchendo o nosso guarda-roupas de peças, das mais variadas possíveis. Muitas vezes sem nem mesmo ter uma conexão umas com as outras. O mercado faz com que a gente tenha sempre essa necessidade imensa de consumir, mesmo que a gente não precise. Apenas porque queremos.

E aí vem sempre aquela questão que paira na mente das mulheres: "repetir roupa? Ah, não". Pois eu acho que é exatamente o contrário que a gente tem que pensar: "repetir roupa? Sim, por favor!". Vou explicar o porquê, e esses são apenas um dos milhares de motivos pelo qual a gente tem que repetir as roupas do nosso armário sem nenhum medo e quase como uma obrigação.

1º motivo: o mundo tem recursos limitados, e a gente tem que aprender a consumir conscientemente (não só roupas). Em um tempo em que os materiais naturais estão cada vez mais escassos e precários, os materiais sintéticos ganharam muito espaço no mercado e nem sempre seguem regras mais rígidas na cadeia de produção. Sem falar na questão da mão-de-obra, que sempre é uma questão que a gente pode colocar na reflexão... de fast fashion como C&A, até marcas de renome como Le Lis Blanc, o ponto comum nesses últimos anos foi o questionamento sobre a utilização de mão-de-obra praticamente compulsória.


2º motivo: exercer o seu poder de criatividade. Já pensou como você pode aproveitar ensinamentos teóricos sobre cartela de cores, combinações e produção de moda para colocar em prática no seu próprio guarda-roupa? Eu já fui em vários workshops sobre esse assunto e sempre tento levar alguma coisa para a minha rotina diária. Se você nunca foi em nenhum, não tem problema, tenho certeza de que você já leu muito sobre o assunto ou pode aprender facilmente lendo alguns posts aqui e em vários outros blogs. Deixe aquele vestido incrível que você usou na formatura para usar só uma vez. Ou que tal tentar usar o vestido como saia, combinar com outros acessórios ou mesmo tentar levar na costureira para reformar? O resto? Ah, aí pode e deve repetir.




3º motivo: saiba quando e com o que você deve gastar o seu dinheiro. Bom, esse último motivo é um dos motivos mais importantes, na minha opinião. Eu aprendi na marra e de tanto meu namorado falar sobre isso na minha cabeça (rs)! A verdade é que se você souber que roupas e acessórios são, na maioria das vezes, itens totalmente desejáveis e raramente necessários, vai pensar duas vezes antes de comprar. E vai poder ter total domínio sobre o seu controle financeiro, vai ter aquela alegria de ter um item novo que você perde quando consome demais.
Uma vez a Ana estava falando num Workshop sobre Estilo Pessoal que uma roupa, além de tudo que ela representa, conta uma história. E a partir do momento em que você banaliza isso, você esquece do significado e história que ela tem. - eu, por exemplo, tenho peças que sou apaixonada e guardo lembranças das mais variadas. Lembro de ter juntado dinheiro e ter namorado uma peça por muito muito tempo antes de comprar. Tenho um vestido que já passou por uma formatura e um casamento. Acessórios inseparáveis. Uma bota que um dia vai sair andando sozinha. E por aí vai...


Bom, lendo esse post parece que eu sou o exemplo de consumo consciente, né? haha Mas não, infelizmente ainda sou humana, mulher e muito influenciada por vários meios que tentam nos fazer consumir o tempo todo. No fim, o ideal é encontrar um equilíbrio. Sem esquecer que sim, é uma delícia ter um dia de Becky Bloom e gastar metade do salário no shopping, comprar aquela peça incrível que a gente tanto desejou... mas lembrar de todas essas questões que a gente falou aqui, lembrar que apenas alguns minutos de reflexão podem fazer a gente mudar de ideia e tentar fazer com que situações de consumismo impensado seja mais uma raridade, e não regra.
0 comentários Postado por Marcela Thiemi
18 agosto 2014

Look do dia: turistando em BH

Semana passada eu e as meninas do Pluriblogs fomos para a Praça da Liberdade e o CCBB filmar alguns vídeos. Fizemos alguns vídeos sobre o Circuito Cultural, sobre maquiagem para o inverno e vários outros! Essa semana mesmo mostro pra vocês o resultado! E não é que coincidentemente a Carol, do Blog Dona Onça, nos apresentou a Mariuaurea, uma amiga de longa data e que é fotógrafa. Ela acompanhou a gente no CCBB e curtiu bastante a Praça da Liberdade, por isso resolveu fazer algumas fotos nossas.


Camisa: Farm
Legging: comprei de um moço que vende roupas - contato: Filipe Medeiros - (31) 9915-5937
Bota: Zara
Bolsa: Asos

A gente quis mostrar um pouco da beleza do lugar, especialmente a arquitetura e as árvores lindas que estão crescendo e florescendo por lá. Se você procurar a #hashtag "bh" no Instagram, vai ver o tanto de foto que tem desse lugar específico que é o ipê rosa da praça com o famoso prédio ao fundo. Clichê, sim, mas não deixa de ser uma das coisas mais lindas!


Na foto: Carol, eu, Camis e Ká! 
1 comentários Postado por Marcela Thiemi